Pular para o conteúdo

 

O programa estadual Água Fácil prevê a instalação dos chamados Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SSAA) em 40 comunidades rurais e urbanas de pequenos municípios mato-grossenses. O investimento projetado para as obras é de quase R$ 5 milhões. As localidades atendidas têm cerca de 100 famílias cada uma e estão situadas em 12 municípios mato-grossenses. 
As obras contempladas no Água Fácil estão divididas em cinco lotes. Quatro deles têm prazo máximo de oito meses por conter mais de 90% dos poços. O quinto lote deve ser implementado em três meses. Entre os municípios na lista dessa fase estão Rio Branco, Curvelândia, Cáceres, Comodoro, Nova Lacerda, Conquista D’ Oeste, Mirassol D’ Oeste, Glória D’ Oeste, Porto Esperidião, Pontes e Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade e Nossa Senhora do Livramento.  Os trabalhos terão início pela comunidade PA Pingo de Ouro, no município de Rio Branco, distante 339 km de Cuiabá.

O Sistema Simplificado de Abastecimento de Água trata-se de uma pequena central de captação, tratamento e fornecimento de água, voltada a atender localidades rurais que não estão interligadas nas redes de abastecimento dos municípios. Nesse processo, a água é retirada de um manancial subterrâneo como, por exemplo, um poço. Posteriormente passa por tratamento, por meio de cloração, e ao final é levada à população meio de torneiras (bicas).